sexta-feira, fevereiro 20, 2015

Os nostálgicos das 5h30 da tarde

Nesta rua tão lisboeta,
uma escola de um lado
e, do outro, uma velhinha atrás da janela fechada.

As crianças saem, mascaradas.
Toda a menina é princesa
e os meninos são o que lhes apetecer.
A senhora está só e olha-os.
Não sei se os vê.
A sua cara tem muitos vincos marcados,
talvez tantos quantos os filhos
netos
paixões
todos eles longe, e ela sozinha.
Entre a senhora e as crianças,
a estrada de Benfica
e as numerosas pessoas que aguardam
na paragem do autocarro.
E ninguém se vê,
as crianças correm e brincam sozinhas,
os adultos olham o chão sozinhos.

Só a senhora os observa. 

Um comentário:

Unknown disse...

muito bom