domingo, junho 19, 2005

e se eu agora dissesse que te amava? falta sempre dizer tanta coisa...

está quente cá dentro.

custa acreditar que de repente ficaste fri@. que te foste embora. que já não te vou poder dizer muitas coisas que nem sabia que faltava contar-te, porque fugiste antes de me aperceber que o tempo existia... custa perceber que o tempo come.

se no teu sorriso pudessem caber cinquenta sóis, concerteza os transportarias contigo. é uma luz que te faz parte, gratuita... e falo no presente quando já cá não estás para me ver ou ler as minhas palavras. já não te podes agarrar ao meu braço a chorar para não te deixar sozinh@ no escuro, porque também tens medo, como eu, nem ao meu pescoço com um mimo despreocupado porque este tempo comilão não chegou para acabar com aquilo que une as pessoas desde sempre, o afecto que nos tínhamos, a amizade subjacente aos gritos e aos silêncios, que assim de repente se converte numa folha pequenina que me entregam “para não chorar, porque sou amiga, e só me queria ver feliz”.

é muito estranho perceber que não volto a sentir-te aqui, sem alternativa. ou então é tão natural que assusta... e agora, vê: a quantas pessoas me falta dizer que amo, que não quero perder nunca – mesmo sem nunca as ter – porque pintam a minha vida com aquelas cores que eu não tenho nem nunca terei? quantos abraços me falta dar até o tempo me comer a mim?

merecias muito mais, que todos os que agora choram tivessem estado ao teu lado quando eras tu a chorar – ou a rir... que nunca ninguém tivesse desistido de ti porque não eras fácil, porque eras grande e lind@ mas de uma forma muito tua. mas vais ser sempre lind@ aos olhos de quem, por instantes ou desde sempre, te sentiu...


um abraço ao longe, no vazio.



já não choro, não. há muitos sorrisos para dar, vou tentar aprender como sorrias tu (que tantas vezes o fazias) e passar um pouco do teu testemunho. depois pode ser que encontre o meu...

e há muitas pessoas para amar, não há? :)



amo-vos* * *

5 comentários:

Lampimampi disse...

Txiiii, adorei!
com um nozinho no pescoço, mas ADOREI!!!!
:)

*

Anônimo disse...

tb te amo (:«

P

BrunoMar disse...

Completa-me vazio cheio de nada que extravasa o infinito tudo Exagera-me como fogo quente escaldante e gélido de cortante Encontra-me pois encontrar-te-ei e encontrar-nos-emos sem cedermos a nos mesmos Grita-me grita pelo meu nome bem alto até se tornar um som surdo de habituação Acena-me com as tuas mãos que eu não conheço nem toco Olha-me cegamente em visão diferente da dos outros da dos indiferentes personagens da vida Importa-te porque eu sou a personagem principal para o bem e para o mal Sorri para mim com brilho incandescente e transparente para conseguir chegar bem longe até onde o desconhecido se desconhece Acarinha-me sem eu sentir que já não sinto tristeza ou alegria ou vida ou morte acarinha-me acarinhando-me em ti Partilha-me e suga todo o meu sumo e a minha carne que tenho para partilhar outrora e agora comigo partilho-a um dia contigo Acorda-me de um sono real de um sonho verídico e fatídico um sonho onde acabo num beco sem saída Puxa-me desse beco e ensina-me o verdadeiro caminho a rua principal onde não existem curvas nem atalhos Acaba comigo o que em tempos foi vida e começa voluntariamente o fim do que é belo Agarra-me a mão entrelaça-me os teus dedos nos meus e vamos fugir para nossa sorte para a minha salvação e a tua benção Ilumina-te para eu conseguir ver-te porque na verdade ainda não te admirei Quem és tu ? Existes como eu existo ou sou eu uma existência unica ?


Já deste conta que na profundidade do nosso ser temos uma figura bem presente, uma predileçao bem definida...mas quando a pessoa de carne em osso está á nossa frente e precisa de ouvir "amo-te", nenhuma palavra sai da nossa boca, nenhum gesto é movido pelo nosso corpo...Será medo ? A perca é inevitável, mas o ganho é arbitrário.

Pensei que talvez gostasses deste comentário..e fico contente por existires..aqui neste mundo da net onde eu passo bom tempo da minha desaproveitada vida :) *beijaooo Gosto imenso de ti..tu sabes ;)

xu disse...

acredita k esse texto tocou lá no meu fundo..
i d uma maneira só minha eu acabei por te amar..

parabens minha linda*

beijinhu*

Joao Soares disse...

Estas linkada ao BioTerra, definitivamente.
Um beijinho*