segunda-feira, setembro 24, 2007

Acordai

Svegliatevi...

Heróica, letra José Gomes Ferreira, música Fernando Lopes Graça


Acordai
acordai
homens que dormis
a embalar a dor
dos silêncios vis
vinde no clamor
das almas viris
arrancar a flor
que dorme na raíz

Acordai
acordai
raios e tufões
que dormis no ar
e nas multidões
vinde incendiar
de astros e canções
as pedras do mar
o mundo e os corações

Acordai
acendei
de almas e de sóis
este mar sem cais
nem luz de faróis
e acordai depois
das lutas finais
os nossos heróis
que dormem nos covais
Acordai!

3 comentários:

temperatura disse...

e o fazer lembrar desenlaces inesperados? esta canção é, atrevo-me a dizer, perigosa. Ainda mais quando cantada a duas vozes, arrebatadas pela comunhão solitária de quem não está só, mas disso fugia.
:)

abraço eterno

phoebe disse...

não a entendo perigosa no significado que tem para mim. já a cantei, a mais que duas vozes, e o engano da solidão foi meigo e consciente. cada coisa no seu contexto. estou a precisar de acreditar que ainda há quem acorde, de formas novas e não re-inventadas

mar!ana disse...

Obrigada pelos comentários, Inês!

Também já cantei esta canção a quatro vozes.
Gostava que ela despertasse uma certa culpa nas gentes e que, de uma vez por todas, acordássemos...