terça-feira, fevereiro 05, 2008

o meu quarto




enquanto minha única possibilidade de existência

3 comentários:

pedrovski disse...

o unico é melhor que nenhum, sinal que há um rasgo de esperança! confesso pensar que nao existimos sem esperança, estariamos mortos...

vilinha disse...

Que lindo!!!

Hmmm... Aquela imagem da elfa... É-me mesmo familiar...


(lol... desculpa, mas as tuas palavras surtem em mim o efeito contrário... no entanto, é sem maldade. É quase como dizer a um rapazinho, de calção rasgado e olhar fulgurante, que não pode ir ao sótão...)

Mega xiii!!! :)

mar!ana disse...

"Estavas, linda Inês, posta em sossego..."